enes
Facebook Instagram Linkedin Youtube

Cientistas dizem que você deve parar com esses hábitos ruins imediatamente

Postado por: | 06/11/17 - às 20:17

Não são poucos os hábitos ruins do cotidiano que possuem potencial para prejudicar fortemente a saúde. As rotinas atuais costumam ser o palco para uma […]

Não são poucos os hábitos ruins do cotidiano que possuem potencial para prejudicar fortemente a saúde. As rotinas atuais costumam ser o palco para uma série de atitudes que, intencionais ou não, podem fazer mal a saúde sem mesmo percebemos.

Hoje, falaremos sobre alguns hábitos que segundo alguns cientistas da atualidade são realmente prejudiciais a saúde.

Falta de sono

Sem dúvida, uma das grandes consequências das rotinas atuais. Trabalhar demais, ter rotinas de estudo exaustivas, além do estresse com o dia a dia pode levar facilmente aos períodos de insônia ou casos semelhantes. Não por coincidência, entre 50 e 70 milhões de pessoas sofrem com distúrbio de sono apenas nos Estados Unidos.

Segundo o doutor Valery Gafarov, esses distúrbios não trazem apenas consequências como o cansaço. Apoiado pela Organização Mundial da Saúde, o médico afirmou que a falta de sono aumenta os riscos de acidente vascular cerebral (AVC) e ataque cardíaco de maneira semelhante ao que acontece com fumantes.

Ficar muito tempo sentado

O trabalho de escritório, a falta de atividade física, a mobilidade dentro das cidades. Tudo isso converge para o fato de que, atualmente, a maior parte das pessoas dentro dos centros urbanos passam mais tempo sentadas do que se movimento.

Um estudo realizado em 2014 reuniu dados de cerca de 4 milhões de pessoas para descobrir as consequências desse hábito. Os pesquisadores cruzaram a quantidade de tempo com que essas pessoas ficam sentadas durante o dia – no trabalho, em casa, etc. – com a incidência de complicações de saúde. Segundo eles, ficar muito tempo sentado chega a aumentar o risco de diferentes tipos de câncer.

Cada duas horas à mais que uma pessoa permanece sentada, o risco de câncer de cólon, endométrio e de pulmão aumenta. Foram a essas conclusões que chegaram os cientistas.

Alimentação ruim

Nem precisamos falar que esse é o hábito mais comum, não é? Mas pouco ainda se fala sobre isso. Em 2016, cientistas que trabalham com riscos de mortalidade concluíram que dietas ruins – cheia de alimentos açucarados, gordurosos e processados – são responsáveis por taxas maiores de mortalidade do que o consumo de álcool e cigarros combinamos.

hábitos ruins

Uma alimentação ruim pode desencadear uma série de problemas, principalmente sobrepeso e obesidade. Não à toa, esses problemas atingem hoje cerca de 53% da população brasileira de todas as faixas etárias.

Bronzeamento artificial

Mesmo que no Brasil essa prática não seja tão famosa, os riscos do bronzeamento artificial já são considerados por alguns cientistas como questão de saúde pública. Em 2014, pesquisadores revelaram em um estudo na JAMA – periódico da Associação de Medicina Americana – que o número de casos de câncer de pele causados pelo bronzeamento artificial foi maior do que o número de casos de câncer de pulmão causados pelo tabagismo.

Se você possui alguns desses hábitos, que tal começar a repensar sua rotina? Para mais dicas e informações sobre saúde, continue acompanhando nossas Nutrinot

|