enes
Facebook Instagram Linkedin Youtube

Energéticos são bebidas seguras em qualquer ocasião?

Postado por: | 12/09/17 - às 18:25

Apesar de tão famosa, será que essa bebida é segura em qualquer ocasião?

Os energéticos são bem difundidos entre jovens e adultos. Não é incomum encontrar pessoas que bebem uma latinha ou duas antes de academia, uma festa ou até durante o dia. Mas seu consumo não é seguro em qualquer ocasião

Tudo depende da motivação do consumo e de quem está consumindo. A cafeína e a taurina, duas substâncias que produzem o efeito de excitação das funções nervosas, são os principais componentes do energético que interagem com o organismo e exigem cuidado.

Cuidado com elas

No caso da cafeína, ela é particularmente estimulante para situações onde se necessita de um estímulo energético rápido. No entanto, como já comentamos em outro texto, é preciso ter cuidado com o efeito ilusório da cafeína. Essa substância ativa o metabolismo, mas não traz mais energia para o corpo. Quando o pico da cafeína é atingido e os efeitos passam a diminuir, começa a ser sentida a falta da energia que foi gasta quando o corpo estava mais ativo.

No caso da taurina, seu uso traz benefícios diversos para praticantes de atividade física. Destacam-se o fortalecimento das contrações cardíacas, o facilitamento da excreção do fígado e, em especial, o seu auxílio ao anabolismo por contribuir a um melhor metabolismo da glicose e dos aminoácidos.

Atenção na quantidade

Como já sabemos, podemos consumir quase tudo, mas dando a devida atenção às quantidades. Especialistas atentam para o consumo da taurina entre quem não tem necessidade, por exemplo. Seu uso não é indicado para pessoas que não realizam atividades físicas e nem para aqueles que praticam exercícios leves. Essa indicação se dá porque o organismo é capaz de produzir a substância em pequenas quantidades suficientes para pessoas com essas necessidades.

Uma lata/garrafa de 250 ml de energético, por exemplo, contém cerca de 88 mg de cafeína, o equivalente a um café expresso. No caso de pessoas que não possuem necessidade de ingerir uma quantidade elevada de cafeína, porque não irão gastá-las em exercícios, consumir muito da substância pode ser uma má ideia.

A conclusão que chegamos sobre os energéticos é que são seguros dependendo do que será feito com as substâncias que contém neles. Para pessoas ativas, que irão gastar bastante energia depois consumi-los, seu consumo é até bem vindo. Para aqueles que os tomam apenas para degustar, talvez seja uma boa ideia repensar.

E aí, gostou das nossas informações? Para mais notícias sobre o mundo da nutrição, continue acompanhando nossas Nutrinotícias!

Com informações de Eu Atleta.

 

|